Práticas, conflitos, espaços: pesquisas em Antropologia na Cidade

A GRAMA Editora tem NO PRELO – “Práticas, conflitos, espaços: pesquisas em antropologia da cidade”, organização de Heitor Frúgoli Jr., Enrico Spaggiari e Guilhermo Aderaldo.

“Os capítulos desta coletânea abrangem pesquisas, todas elas baseadas em práticas etnográficas, realizadas durante os dez primeiros anos de existência do GEAC – Grupo de Estudos em Antropologia da Cidade (USP), de 2005 a 2014. Os textos reunidos aqui aproximam-se, em distintos graus, de temas e debates ligados à teoria e à pesquisa em antropologia urbana, como territorialidades, formas de sociabilidade, redes de relações, usos do espaço urbano, disputas simbólicas e segregação.”

Antropologia urbana entre a tradição e a prática

Referência completa:

CORDEIRO, Graça Índias, 2003. “A antropologia urbana entre a tradição e a prática”. In Cordeiro, Graça Índias, Luís V. Baptista e António F. da Costa (Org.), Etnografias Urbanas, Oeiras, Celta: 3-32

Um texto central sobre uma história da antropologia urbana e dos seus contextos de estudo. Na secção final do texto a autora fornece um panorama do contexto português até à data de publicação.

 

Cidades em mudança: processos participativos em Portugal e no Brasil (2016-2018)

O projeto “Cidades em mudança: processos participativos em Portugal e no Brasil” visa a consolidação de rede internacional de colaboração entre ambas as equipes em torno de pesquisas etnográfica sobre modalidades de participação social coletiva em cidades portuguesas e brasileiras.

Esta iniciativa de intercâmbio luso-brasileiro vincula-se a dois programas de doutoramento: Estudos Urbanos (FCSH-UNL e ISCTE-IUL) e Programa Pós-graduação Antropologia (PPGA/UFF). O objetivo é analisar a diversidade de formas e práticas de participação urbana e o modo como se renovam e mobilizam recursos políticos, culturais, organizativos, económicos, laborais. Esta pesquisa deseja, ainda, chamar a atenção para atividades que constituem cenários de exibição, visibilidade e disputa no espaço público urbano, desafiando para uma reflexão científica na formação avançada, mas também na divulgação do debate público sobre diferentes realidades com um potencial de comparabilidade e aprendizagem de boas práticas muito promissor.

Coordenação: Renata de Sá GonçalvesPrograma de Pós-graduação em Antropologia / Universidade Federal Fluminense e Graça CordeiroCentro de Investigação e Estudos de SociologiaInstituto Universitário de Lisboa

Projeto de cooperação aprovado no âmbito do Edital 039/2014 do Programa CAPES-FCT. Processo 8368-14-7.

Links: No Website do CIESNo Website Na Rua