1º sessão de Leituras ETNOURB: A Utopia Urbana de Gilberto Velho

No dia 26 de Setembro, às 11h na sala C201 do ISCTE-IUL, faremos a leitura e discussão da obra com Alessandra Barreto (UFF), Julia O’Donnell (IFCS/UFRJ) e Renata Gonçalves (UFF).

“A utopia urbana: um estudo de antropologia social de Gilberto Velho é um trabalho pioneiro da antropologia urbana brasileira, com sua primeira edição publicada em 1973. A etnografia realizada na década de 70 em um prédio em Copacabana, importante bairro da cidade do Rio de Janeiro, marcou o processo de consolidação de um campo de estudos antropológicos nas cidades em que a “observação do familiar” ganhava centralidade. Quarenta e cinco anos depois dessa primeira edição, propomos uma leitura renovada desta obra, com os olhos voltados para os limites, avanços e desafios das etnografias urbanas na atualidade.” Renata Gonçalves

Leiam ou releiam este fascinante livro e venham discuti-lo connosco.

***

A obra está disponível na Biblioteca do ISCTE-IUL (A.121 VEL*Aut) e na Biblioteca da NOVA FCSH  (ANT 1273 (UNLFCSH/BMSC)).

Está também disponível aqui

***

Materiais complementares

Desafios e metamorfoses da Antropologia Contemporânea. Entrevista com Gilberto Velho. Por Cristiana Bastos e Graça Índias Cordeiro (Etnográfica, 1997)

Utopias, portais e antropologias urbanas: Gilberto Velho em Lisboa. Por Cristiana Bastos (Análise Social, 2017)

***

As Leituras ETNOUrb são uma série de sessões de debate em torno de obras e textos em Etnografia Urbana, partindo de leitura individual prévia. As sessões serão dinamizadas por membros da rede e terão lugar em várias instituições onde esta tem presença. São de entrada livre e abertas a todos os interessados. 



Citar este post
patriciapereira (2018, 14 Setembro). 1º sessão de Leituras ETNOURB: A Utopia Urbana de Gilberto Velho. ETNO.URB. Recuperado em 24 de Junho de 2024, de https://doi.org/10.58079/ok1a

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search